Acompanhe as novidades

Voltar

Grama natural: conheça sua origem

Publicado em 20/12/2016 Grama natural: conheça sua origem

A grama natural é bastante utilizada na paisagem urbana e se divide em variados tipos, adequados a diferentes ambiente e utilizações.

Surgimento da grama natural

Muitas espécies usadas atualmente nos gramados tiveram origem nas pastagens pisoteadas e que serviam de alimento para ovelhas e gado. Devido às condições a que eram submetidas, apenas os tipos mais fortes sobreviveram e deram origem às gramíneas de porte baixo usadas nos gramados atuais.

Início do uso da grama natural

Especula-se que a grama natural começou a ser aparada durante a Idade Média, quando se tornou popular nos jardins, áreas de piquenique e espaços esportivos. Para garantir uniformidade e melhor aproveitamento, eram aparadas com foices.

A evolução da grama natural

A grama natural utilizada atualmente resulta em gramados densos, compostos de maneira uniforme, resistentes a pragas, doenças e ervas daninhas e tolerantes a altas e baixas temperaturas.

Essas melhorias são resultado de pesquisas realizadas em busca do desenvolvimento de modelos híbridos e de variedades especiais, seja através de sementes, placas, rolos e tapetes.

Tipos de grama natural

Confira abaixo os principais tipos de gramíneas e suas características.

  • Grama Esmeralda

A grama esmeralda é macia e resistente ao pisoteio e tem folhas estreitas e médias, de cor verde-esmeralda e estolões penetrantes que enraízam facilmente. Os estolões entrelaçam com as folhas, resultando em gramados bonitos e uniformes. A grama esmeralda é indicada para locais com sol, como jardins residenciais, áreas industriais, casas de praia e campo, playgrounds e campos esportivos.

  • Grama Batatais

Conhecida como grama de pasto, esta grama necessita de muito sol e tem folhas verde-claro, duras e ligeiramente pilosas. Possui boa resistência às secas, ao pisoteio e às pragas e doenças e deve ser podada com mais frequência. Essa gramínea é indicada como cobertura para os solos mais fracos, na beira de rodovias e públicas.

  • Grama São Carlos

Também chamada de Grama Curitibana, tem folhas largas, lisas e sem pelos, com cor verde-escuro, raízes para baixo e folhas para cima. Esse tipo de grama tem alta resistência a pragas e ervas daninhas e é indicada para jardins públicos e residenciais, áreas industriais e casas de campo, principalmente em regiões de clima mais frio.

  • Grama Santo Agostinho

Também conhecida como grama inglesa, essa grama possui folhas lisas, sem pelos e largura e comprimento médios. É a grama ideal para áreas litorâneas e semi-sombreadas, bastante rústica, resistente a pragas e doenças e indicada para regiões praianas, serranas e com alta umidade.

  • Grama Bermuda

Essa gramínea é muito macia e possui folhas estreitas, de crescimento rápido e cor verde vivo. Tem alta resistência ao pisoteio e regenera-se rapidamente quando submetida a maus-tratos. É o tipo indicado para playgrounds, campos de futebol, golfe, polo, tênis e outros esportes.

  • Grama Coreana

A grama coreana tem folhas muito macias, estreitas e curtas, coloração verde intenso, estolões e raízes abundantes.  É a gramínea mais indicada para jardins orientais e que incluam forrações e arranjos de plantas ou vasos.

 

Para comprar grama esmeralda para o seu jardim, conte com quem é referência no assunto! Na Gramas Diamante você tem atendimento especializado, entrega rápida e na medida para o seu projeto.

Solicite uma ligação

* Campos obrigatórios

Orçamento rápido

* Campos obrigatórios